«

»

fev 02 2017

Imprimir Post

Adriano Grineberg e Edu Gomes lançam o CD – “Sonar”!

A dupla de músicos paulistas acaba de alcançar a expressiva marca de produzirem 10 discos em parceria e nada melhor do que voltar às influências iniciais para coroar a primeira dezena de obras conjuntas!

O interessante é que ambos têm trabalhos e carreiras importantes, pautadas nos cenários do blues e do rock e, com passagens expressivas ao lado de grandes nomes da música, mas no presente disco; atiram-se em direção ao rock progressivo e ao new age, que são as outras influências musicais que deram origem a essa parceria paralela que eles mantém desde 1999. Uma junção que acaba de completar a maioridade! (risos)

O álbum que deu origem a esta série foi o “Ap Níthya”, que em Sânscrito (língua morta da antiguidade) significa “boa aventurança” e que era o disco mais abstrato dos dois, até então.

Outras de suas obras que alcançaram maior destaque foram o primeiro e segundo volumes do álbum “Música para os Florais de Bach”, que teve inspiração na pesquisa do médico britânico, Dr. Edward Bach, na qual ele identificou a influência de 38 tipos de florais sobre o comportamento humano. Esse disco foi reconhecido em “Mount Vernom” (Inglaterra), onde obteve o selo de autenticidade do “Edward Bach Institute”.

O outro CD desta parceria que se sobressai é o “Vera Mantra”, que também é assinado pelo mineiro Edson Aquino e foi lançado na Índia em 2004. Esse álbum apresenta mantras e bhajans indianos com novas roupagens, que rementem à música brasileira.

Mas voltemos ao lançamento atual!

O disco se chama “Sonar“ e suas 11 faixas foram inspiradas em lugares como Ubatuba/SP, Laguna/SC e Fernando de Noronha/PE, pois como seu nome já diz, refere-se ao ambiente marinho e é nas profundezas das águas sonoras que Edu Gomes e Adriano Grineberg mergulharam por sete anos, pesquisando principalmente os sons dos cetáceos (baleias e golfinhos).

Durante essa pesquisa, eles descobriram que os sons desses animais chegam até a 150.000hz de frequência, enquanto os ouvidos humanos não passam de 20.000hz e o desafio na construção deste disco foi o de condensar todo esse vasto universo sonoro ao que as pessoas conseguem ouvir.

Desafio que foi intensificado pela ideia de ambos em não utilizar sintetizadores em grande escala. Desta forma, eles procuraram utilizar instrumentos reais e orgânicos como violões, guitarras e pianos, em conjunto com sons corporais (assobios), tudo somado a efeitos tradicionais como o delay, flanger e reverb para produzir os timbres que recriam os sons do oceano.

Para mim, há momentos que o disco remeteu ao espaço sideral, ou pelo menos às sonoplastias que filmes do gênero utilizam. Mas visto que no espaço não há som, porque este não se propaga no vácuo. Teriam esses filmes utilizado sons oceânicos em suas trilhas!? (risos)

Para Adriano Grineberg, o “Sonar” é o disco mais introspectivo que produziu em conjunto com Edu Gomes. Esse é um álbum para colocar e o deixar “acontecendo”, porque as músicas abstratas vão surgindo e desaparecendo no decorrer do CD, como um cenário marinho que vem e vai…

Para Edu Gomes, o “Sonar” é uma versão aperfeiçoada do primeiro disco da dupla, que até então, também era o mais “viajante”.

Edu explica que é um disco que tem uma finalidade diferente. Que é uma obra muito utilizada em terapias, onde os terapeutas aproveitam a falta do ritmo marcante da percussão para provocar sensações e reações em seus pacientes. É um disco para “silenciar a mente”!

Posso confirmar as impressões de ambos, porque sempre faço as primeiras audições das obras aqui resenhadas, sem ler previamente seus releases e, adotei esse procedimento para não me privar de uma primeira impressão livre da influência de opiniões prévias! Asseguro que concluí exatamente o que colhi com eles nas entrevistas!

Minha dica para os ouvintes deste disco é que “desacelere para ouvir” ou que “ouça para desacelerar”! Relaxe se deixe levar pelas diferentes sonoridades e paisagens que elas sugerem… Meditem…

Interessou?! Então seguem os canais oficiais de ambos para que possam encontrar esse trabalho (e outros mais, rs…)! Edu Gomes – https://onerpm.com/edugomes – Adriano Grineberg – https://onerpm.com/adrianogrineberg .

Novamente me despeço com a alegria de pautar outra dica musical bem legal e findo por desejar a todos um ótimo, revigorante e muito divertido final de semana; desta vez ao som do disco “Sonar” de Edu Gomes e Adriano Grineberg!

.

Link permanente para este artigo: http://www.nandopires.com.br/blog/?p=4495

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *