«

»

abr 26 2017

Imprimir Post

“Mani Padme Trio” lança terceiro álbum de jazz!

Na última quinta-feira (13/04) o trio de jazz “Mani Padme” lançou seu 3ª álbum (chamado Vôo), em um show Sesc Pompeia (situado na cidade de São Paulo).

O grupo é composto pelo pianista cubano “Yaniel Matos” e pelos brasileiros; “Ricardo Mosca” na bateria e pelo mais recente integrante, “Sidiel Vieira” no contrabaixo acústico.

Ao receber essa pauta, imediatamente baixei os MP3 das músicas, pois já previa a alta qualidade musical do que iria ouvir, tendo em vista que já conhecia os três grandes músicos envolvidos no projeto! E… Pronto, foi colocar o disco pra tocar para perder a conta de quantas vezes o ouvi seguidamente!

A sensibilidade do trio de instrumentistas nas execuções das músicas, somadas às suas habilidades técnicas e ao primor de seus arranjos, imediatamente me lembrou dos célebres discos lançados pela gravadora alemã, ECM, que tradicionalmente reúne os melhores músicos de jazz contemporâneo, álbuns que ouvi centenas e centenas de vezes! Nível altíssimo!

O nome do grupo foi extraído do mantra budista “On Mani Padme Hum” e com um respeito quase religioso pela música, cada nota das nove faixas do CD parece ter sido colocado com o máximo preciosismo.

A primeira música é a cacofônica, “Partida”, que dá o pontapé inicial à viagem sonora através da gravação de um improviso feito na hora, no estúdio de gravação e que registra o hábito que o trio tem de fazer nos seus shows, os começando com sempre com essa espontaneidade musical.

A segunda canção é “Gotas de Rocio” de Yaniel Matos e a terceira é uma releitura de “Cais”, composta por Milton Nascimento e Ronaldo Bastos. Essas duas músicas juntas guardam grande lirismo e apresentam melodias belíssimas!

A quarta música é “Compreensiva”, escrita por Sidiel Vieira, que segue por uma linha mais emotiva, com a melodia expressa inicialmente no piano e depois no contrabaixo.

A quinta música, “Cimarron”, salta para a fusão da intensidade do ritmo cubano que Yaniel traz em seu DNA com as marcantes melodias do trio e, a força latina fica evidente na pulsação forte que a bateria apresenta desde seu início!

“Estrada Rural” é a sexta faixa e retoma a delicadeza do álbum em mais uma canção composta pelo contrabaixista, Sidiel Vieira.

A sétima música chama-se “El Vuelo” e tem um arpejo maravilho que se inicia no piano de Yaniel (compositor desta peça) e que em seguida recebe um dueto de contrabaixo para lhe acompanhar! Por volta de 1 minuto e 40 segundos entra um arranjo maravilhoso do baterista Ricardo Mosca, que produz um clímax sonoro com os sons do “baquetear” dos pratos da bateria! Há muita sensibilidade e expressão nesta faixa!

Na oitava faixa, “Farofa”, novamente a suavidade dá lugar à forte pulsação latina de Yaniel Matos, que traz a sincopa cubana para esta música que tem um viés alegre, repleta de  um arranjo festivo na percussão!

Fechando o álbum, o trio apresenta uma releitura (ao estilo jazz) de “Rosa Morena”, composta por Dorival Caymmi e com ela novamente sensibilidade volta a saltar dos alto-falantes sob a forma de sons marcados pela qualidade da gravação, excelência nos timbres e ótimo bom gosto no arranjo!

Fico extremamente feliz em pautar um disco com essa qualidade e características, e deixo os links oficiais do trio para que possam desfrutar de suas músicas, lembrando que eles também estão em todas as plataformas digitais: Site manipadmetrio.com – Facebook facebook.com/manipadmetrio.

Mais uma vez me despeço desejando a todos um ótimo, revigorante, divertido e muito musical final de semana, desta vez ao som do disco “Vôo” de “Mani Padme Trio”!

.

Link permanente para este artigo: http://www.nandopires.com.br/blog/?p=4560

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *